sábado, dezembro 22, 2007

Até depois...


Agora que me encontro em férias, seria uma boa altura para pôr a conversa em dia mas...acho que o pessoal não está para cavaqueiras! Anda tudo numa roda-viva, embrenhados e enrolados com o papel das prendas: eixxxx épocazinha danada p'ra consumir o que vai fazer falta nos meses seguintes!

Então, até breve: só me resta esperar que tudo acalme.
Depois, se necessitarem de um ombro amigo para chorarem o dinheiro que voou sem que lhe conseguissem deitar a mão a tempo...

sexta-feira, dezembro 14, 2007

Numa de...


Tô numa de piruetas...ainda não assentei "arraiais"! ÀS vezes é assim, leva tempo...mas acho que vou voltar ao normal: um dia destes!

terça-feira, dezembro 04, 2007

Poema do Fecho-Éclair


Filipe II tinha um colar de oiro,
tinha um colar de oiro com pedras rubis.
Cingia a cintura com cinto de oiro,
com fivela de oiro,
olho de perdiz.

Comia num prato
de prata lavrada
girafa trufada,
rissóis de serpente.
O copo era um gomo
que em flor desabrocha,
de cristal de rocha
do mais transparente.

Andava nas salas
forradas de Arrás,
com panos por cima,
pela frente e por trás.
Tapetes flamengos,
combates de galos,
alões e podengos,
falcões e cavalos.

Dormia na cama
de prata maciça
com dossel de lhama
de franja roliça.

Na mesa do canto
vermelho damasco,
e a tíbia de um santo
guardada num frasco.

Foi dono da Terra,
foi senhor do Mundo,
nada lhe faltava,
Filipe Segundo.

Tinha oiro e prata,
pedras nunca vistas,
safiras, topázios,
rubis, ametistas.
Tinha tudo, tudo,

sem peso nem conta,
bragas de veludo,
peliças de lontra.
Um homem tão grande
tem tudo o que quer.

O que ele não tinha
era um fecho-éclair.


António Gedeão

quarta-feira, novembro 14, 2007

De Regresso...



Regressando mas...com pouca "gasosa", já vou avisando!

domingo, outubro 21, 2007

Se não tem pais ricos...



"Se não tem pais ricos, vá ao BES; se tem, vá ao BCP"

Foi assim que Ricardo Araújo começou a crónica desta semana -- Boca do Inferno -- da Visão. Não se esperaria outra coisa pois, foi mais um caso lamentável vindo "de cima". Piorou o meu mau humor pois, o momento é ingrato: propinas, aluguer de casa, comida, gás, água...ah!, temos o tempo a nosso favor, senão teríamos de repôr o guarda-roupa de Inverno! Valha-nos isso, apesar de me estar a fazer um mal terrível este calor prolongado que, não me deixa trabalhar com afinco: a moleza de Verão prolonga-se...
Bem, mas voltemos ao caso "interessante" do BES/BCP:

Diz o Ricardo Araújo que << Não percebo muito de publicidade, mas acho que a nova campanha do BCP está óptima. Refiro-me a esta recente promoção em que eles emprestam 12,5 milhões de euros a fundo perdido...>>

<< ... Isto é que é cativar clientes. Não há conversas sobre spreads, taxas de juro variáveis...leva-se a maçaroca para casa e acabou-se.>>

Ah, este Ricardo não existe!
E cá volto eu às propinas, pois a questão aqui referida são €€ a granel nos bolsos de "menino bem".
Soubesse eu refilar com este humor e já teria mandado um mail logo no 2º ano em que as minhas filhas -- Bolseiras de uma ninharia que nem dava para os transportes -- suaram as estupinhas para conseguir acabar o ano.
Acreditam que, nessa altura tendo uma situação de desemprego por parte do chefe de família, não lhes foi concedida a Bolsa, só porque se baseavam no IRS do ano anterior? Tudo bem, é assim que as bolsas são atribuídas mas...não há flexibilidade em casos destes? É que, nesse ano é que a "crise" existia! Ainda para mais estavam deslocadas, havia alojamento a pagar . O caos estava instalado e nada de flexibilidade apesar das cartas enviadas. Só no fim do ano, depois de nos "esfarraparmos" todos, de termos vivido situações dificílimas que contribuiu para um stress negativo nas estudantes em causa: por fim, mesmo no final do ano sairam as bolsas. Uma ninharia, comparado com algumas bolsas que eram atribuídas a "meninos bem". Mas isto seria outro assunto a discutir e, digo-vos -- daria pano p'ra mangas!

De regresso à crónica, diz a certa altura:
<< Duvido que sobre um único cliente para as outras instituições de crédito. No fundo, é a versão bancária daquele azulejo que havia nas tabernas, antigamente: " Queres fiado? Toma!" Só que o BCP não tem o Zé Povinho desenhado por baixo da frase a fazer o manguito. Não há nenhuma ironia naquele
" Toma! "
É mesmo para tomar e meter ao bolso.>>

Não acharam piada a isto...? Pois, é que o humor é concretizado agora, ora vejam:

"-- Claro, há um pormenor que eles não revelam. Ao que parece, a promoção só é válida para filhos do fundador e presidente do conselho geral e de supervisão do banco..."

Ah mas eu, como sempre, delirei com a adopção:

<< Tendo em conta que os processos de adopção são complexos e morosos, não haverá muitos clientes a conseguirem tornar-se filhos de Jardim Gonçalves, fácilmente, mas não deixa de ser uma excelente oferta.>>

Tenho mais para vos contar mas, neste momento tenho de ir ao Super-mercado deixar lá mais uns quantos €€ do meu magro orçamento pois, não consegui até à data que o Jardim apadrinhasse um dos meus queridos rebentos e...a fome aperta, ?
Então, até à próxima que, estas teclas ainda terão de correr muito sobre o tema!

quarta-feira, outubro 10, 2007

Sem pachorra.......


Tal como a nossa amiguinha aqui de cima...tenho andado sem pachorra nenhuma. Nota-se muito...? Certamente!, isto tem andado fraquinho -- mais ainda rsrsrs -- foi o Verão e o calor que, por estes lados, ainda não nos largou.
A mim cansa-me, que querem....(?)
Depois, depois, vieram as aulas e as malditas propinas para acabarem com a pouca energia que me restava.
Não tem sido fácil lidar com o aumento que sofreram e cumprir no prazo, com o pagamento estipulado.
Quem se debate com a mesma obrigação, sabe como eu que "a coisa" está difícil...
Pois é, quem tem filhos, perante a crise actual, fica sem pachorra até para se divertir.
E dirão muitos: "quem não pode não estuda..."
Pois é mas, quando as pessoas têm valor, porque não lutar pelo que tanto ambicionam?
Há uma frase que me irrita ouvir a certos pais <<>>
Bem, se o disserem visando os filhos: que seja compensatório para "eles" -- filhos -- então aí sim!
E é neles que eu penso últimamente. Como nos vamos "safar" das malvadas propinas este ano?
São três! Sim, são três jovens estudantes, distribuídas por duas faculdades públicas, em cidades diferentes mas, exigindo no acto da matrícula o pagamento das mesmas.
Não está fácil, não!, quem pretender seguir um curso, tem mesmo de deitar contas à vida.

Bem, vou deitar a cabeça no travesseiro mais uma vez. Pode ser que, esta noite me traga a solução para o meu problema...
Não!, assaltar uma caixa de Multibanco, não! Assaltar uma ourivesaria...que dizem?
Não!, também não, já está muito corriqueiro -- tenho de me esmerar e "investir" num sonho mais produzido!


Vamos ver....




sábado, outubro 06, 2007

Chakall...

( clicar na foto p/+ informação)

Retomo hoje, o estilo inicial do Chá de Laranja Lima.
Reservarei ao Musik Express as conversas sobre música...

Ora bem, hoje tive aqui bem perto no Mercado Municipal de Loulé -- uma galinha salteada em azeite com figos, puré de batata doce....rsrsrs
Sim, foi isso mesmo: tivemos por cá o Chef Chakall, ao vivo & a cores! Com seu turbante amarelo e o seu bom humor e simpatia, cozinhou-se ao vivo no Mercado de Loulé!
Tenho a dizer que, descobri muitas senhoras com uma propensão para as comidas celestiais...é que, só as ouvia dizer: hummm....hummm...cozinha Divina esta!
Para mim, seria antes: cozinha a passo de tango mas, cada um com seu gosto e, diz o povo que "gostos não se discutem!" Por mim, há sempre muito a discutir!
Ora bem, a receita do Chakall foi simples -- outra coisa não seria de esperar. Vou passar a descrevê-la:

Ingredientes:

Galinha -- / azeite / alho / figos / pinhões / coentros / sal /

Puré -- batata doce / cebola / pêras / papel de alumínio/

Preparação:

Cozer a galinha
Desfiar e reservar.
Aquecer uma frigideira com azeite
Em seguida, deitar a galinhadesfiada, refogar um minuto.
Juntar os figos aos quartos e alho. Passar no azeite rápidamente.
Finalmente, acrescentar os pinhões e os coentros ferscos.
Temperar a gosto com sal.

Servir com puré de batata - doce e pêras.

Chakall, colocou à venda o seu livro que no final autografou.
Foi distribuída a receita em forma de Bilhete Postal, pois fez-se a proposta de se enviar a dita aos 4 confins do Mundo -- onde tenhamos amigos que queiram, através desta receita, inovar, e assim poderem através da mesma, dar início a muitas outras receitas inovadoras. Foi esta a proposta!
Que eu tivesse visto...só 1 pessoa se propôs a enviar a receita a amigos distantes!
Eu não me propus pois, não sabia se do outro lado do Mundo...a minha amiga estaria disposta à proposta mas...assim que cheguei a casa: inovei!

E, inovei muito! Simplesmente porque, aconteceu o que eu previ: no final do programa...................os figos tinham esgotado!!!!
Ah, e quanto a mim, os pinhões estavam logo à partida fora de questão porque...a vida está caraaaaaaa e os pinhões estão um balúrdio! Pelo menos aqui pelo Sul. Gosto imenso de pinhões mas...
Resolvi o assunto com nozes. Vou passar à minha receita inovadora:

Ingredientes:

Frango caseiro em bifes / Pimentos / alho / cebola / louro / azeite / molho de soja / pimenta preta/ coentros / pêra rocha cortada aos cubos/

Preparação:

Numa frigideira funda e anti-aderente, coloquei: o azeite as folhas de louro e o alho esmagado. Em seguida juntei o frango caseiro em tiras bem finas e acamei com os pimentos cortados finamente e a cebola. Depois de alourarem, tapei com outra frigideira -- sistema que uso há muito, na falta da Cataplana! :-) -- passados alguns minutos juntei o molho de soja, rectifiquei o sal e a pimenta e juntei as pêras e os coentros picados e as nozes picadas grosseiramente.

Acompanhei só com salada de alface.

Estava uma delícia!!!!!!!!!

Vá, proponham outra!




domingo, setembro 23, 2007

Marceau

Marcel Marceau, ontem disse-nos ADEUS...

quinta-feira, setembro 20, 2007

Esgotado!



Nem queria acreditar quando ontem, ao passar junto ao Cine Teatro, vi o cartaz com a foto do Palma e por baixo: ESGOTADO. É que o concerto é só no dia 28...normalmente até compramos os bilhetes na própria noite!
Sabem a razão da minha incredulidade?, é que quando falo no Jorge Palma aos meus amigos mais íntimos, dizem-me sempre: "....Como é que gostas disso?!"
ou
<< Ó pá, o homem não tem "pinta" e não canta nada!>>

-- "Pinta": isto aqui é conversa de mulher, tá-se mesmo a ver, né?! Também há homens -- os recalcados -- que dizem o mesmo. Isto porque, não têm a sensibilidade em formar uma única frase que nos encante como o Palma.
Ora vejamos -- agora para as senhoras:

-- Não há uma diferença enorme quando alguém nos diz: "Anda cá p'raqui!" e a maravilha que é ouvirmos: "Vá lá...encosta-te a mim!?"

Mas há tanto mais....e aquela bem antiga: "Na terra dos sonhos podes ser quem tu és...ninguém te leva a mal!"
E que tal acordarmos assim com um:

Bom dia!
Hoje eu sou um homem contente
ao serviço do amor
sou o próprio sonho
e desconheço a dor

eu sou o vagabundo mais feliz que existe

- bom dia!



Mas, pode ser que pela manhã não tenhas ouvido o Boletim Metereológico e, chegue alguém que te diga assim:

Eu tenho um certo gozo em ver-te contente
já sei que o meu sentimento é banal
mas nem por isso o que eu te digo
a meu ver é menos importante

Ás vezes apetece-me oferecer-te um presente
mas nem sempre calha
e quando calha é quase sempre
aparentemente insignificante

Por exemplo gostava de te dar uma paisagem
com camelos e mar ao fundo
maravilhosa e serena
tranquilamente estimulante

Mas como pintor sou um desastre
e como economista ainda mais decepcionante
mesmo assim eu insisto em fazer parte
do teu mundo

O boletim meteorológico anunciou calor
não vou duvidar
faz sentido no meu sistema solar

Imagina que sou um ilusionista
que arranca coisas do chão, do chapéu, do coração
talvez assim vejas em mim um homem novo
todo elegante

O que na verdade sou e a verdade
pode ser elavada á coisa sonhada
reinventada por muito se querer
e eu quero ser o teu amante

Desta vez vou construir uma cama de espuma
adequada á função de voar
com limpa pára-nuvens
mesmo á altura do teu olhar

Se for preciso um pára-quedas arranjam-se
uns milagres em bom estado prontos a usar
se achares que não valeu a pena, aí lamento
mas não posso mesmo concordar

O boletim meteorológico anunciou calor
não vou duvidar
faz sentido no meu sistema solar

Pois é, com chuva ou com bom tempo...o certo é que, quem não comprou bilhete já não pode comprar: ESGOTADO é o que o cartaz anuncia!

Pois é, afinal meus amigos, sempre há mais gente a gostar de ouvir o "meu poeta" ...
É que, tal como ele próprio diz:

(...)A estrada do sucesso
Não é caminho fácil, não
Que eu também por lá andei
Sei o que custa vender
O que nos vem no coração!

E, há maneiras e maneiras de as vender e,
eu gosto da forma como ele as vende!



quinta-feira, setembro 13, 2007

Chegou a chuva...encosta-te a mim, vá lá!

A chuva já chegou...as ondas continuam: lá, na praia! Eu, estou de volta aqui, mas sem grande vontade ainda...no entanto, como no dia 28 do corrente mês vamos ter por estas bandas um concerto do Palma: cá estou para vos dizer que o "rapaz" vem apresentar o seu último trabalho: VOO NOCTURNO!

quinta-feira, agosto 16, 2007

Agarrando a ondaaaaa!!!!!





E cá vou eu de férias! Chegou a minha vez d'agarrar a ondinha nas praias do Allgarve!

Bye e divirtam-se também, tá?!

quarta-feira, agosto 15, 2007

Macaco...ainda!







Pois, estavam a pensar que me ficava só pela letra da canção!
Nada disso -- volto para dizer que, mais uma vez, este grupo não me decepcionou.
Foi uma noite mágica, não só pelo trabalho do grupo que me encantou mas, pela quantidade de espanhóis que afluiram ao concerto. Acho até que, se poderiam contar os portugueses...não sei, não! E isso foi agradável pois, como todos nós sabemos, "nuestros hermanos" são um povo alegre por natureza e nestas coisas de música então...uiiiiiii -- foi "aquela noite"!

Grupos bem jovens, como era de se esperar, ficaram bem à frente, apoiando com a voz e com o corpo: dançaram sempre! Bem, aqui vou ressalvar o "bem jovens" pois, também eu lá estava, participando com os meus saltos -- já que a voz, nem gritando se ouviria.

Ah pois, quando chegou a vez da Con La Mano Levantá -- eu não me fiz rogada e levantei também a minha mão e saltando sempre, lá fui gritando:

Con La Mano Levantáaaaaaa!!!!!!!!!


A saltar, a saltar.....


Con La Mano Levantáaaaaaa!!!!!!!!!


terça-feira, agosto 14, 2007

MACACO






Con la mano levantá,

al pasado le digo adiós

y el futuro que vendrá

dicen que pende de un hilo.

Y el presente aquí contigo,

mano a mano, oye mi hermano

disfrutar camino.

Con la mano levantá…

De puntillas pa tocar,

voy subiendo un escalón,

escribiendo otra canción de escaleras al cielo,

busco un sitio pa saltar que me de alas pa volar,

realidad a ras de suelo.

Con las manos levantás,

no nos vieron al pasar,

cuantas manos hay que alzar

para que escuchen de nuevo,

tu arma la imaginación,

tu escudo no protection,

intuyendo el movimiento.

Con la mano levantá…

tocaré…voy tocando el cielo….

Salté la valla,

corrí mil batallas,

pero aquí estoy de nuevo.

Perdí el aliento,

pero no me siento,

busco carrerilla,pa saltar,

pa saltar, pa saltar, pa saltar.

Con la mano levantá…



sábado, agosto 11, 2007

Lura -- a senhora da noite!





Finalmente chegou Lura e...foi o delírio total!
Desde as crianças aos mais crescidotes, todos gritavam: Lura, Lura, Luraaaaa!!!!!!!
E ali estava ela, linda, elegante cantando para nós. Sim, Lura tem crescido como cantora -- não podemos dizer que se tem deitado à sombra da fama: não, isso não!
Lura aprendeu crioulo de cabo-verde, Lura aprendeu a dançar melhor, aprendeu a batucar e até já toca reco-reco...
Depois, é aquela "coisa" que arrepia até nós mulheres: ela tem sensualidade que chegue, em palco. Não é só chegar e cantar -- tem de saber encantar, e isso, Lura sabe fazê-lo com arte!

Claro que ninguém é de ferro e, eu que, até então me tinha conseguido segurar sentadinha -- saí disparada para o meio da multidão, lá bem à frente onde me consegui misturar com os restantes, num alucinante funaná!
Já estou a ver a risada alargada de quem me conhece bem:

-- Estão a ver a cena, né? Pois, foi ver-me disparar lá de trás em alta velocidade, já em passo bem gingado....rsrsr
Bhaaaa, kota é kota que se danem: eu quero é farrar!

E foi assim que acabou a primeira noite dos Sons do Atlântico -- funananduuuuu c'a Lura!
Ah, se eu estivesse lá c'a mana Dina e c'o kota Pita...aiiiiiiiii tinha sido "aquela farra" -- saía poeiraaaaaaa!

* E o chão era bem propício: pó branco finiiiinhoooo, eixxxx. :-)


sexta-feira, agosto 10, 2007

Sons do Atlântico...




Acabei de chegar do Festival Sons do Atlântico.

Até que enfim, consegui ver Eneida Marta! Gostei imenso do que escutei e vi. É realmente uma pessoa simples e de uma simpatia nata, conforme a Luanda Cozetti me passou a imagem da Eneida, antes de eu a conhecer.

Acompanhada por um grupo musical magnífico, entra em palco depois de tocarem o tema Mindjer Docê Mel -- que só mais tarde iria interpretar.

O público não foi o melhor, pois devido ao atraso, não se concentraram no valor desta artista guineense -- na minha opinião -- e continuavam na espera ansiosa de Lura, que só depois actuaria. Aí sim, o povinho gritou, aplaudiu e dançou como não o fizeram antes. Há coisas assim: mais vale cair em graça. Não, não quero com isto dizer que Lura não esteve bem: não! mas, sinceramente, Eneida merecia que lhe rendessem mais aplausos. Tem uma voz maravilhosa.
Bem, temos de ver que, a comunidade cabo-verdiana também era em maior escala, daí a diferença. No entanto, se esta artista fosse mais ouvida nas rádios, se tivesse um pouquinho mais de projecção; mesmo sem guineenses no público, todos os outros a aplaudiriam como eu gostaria que tivessem feito!
Eu aplaudi sempre e, cantei "Mindjer Docê Mel" -- uma das que melhor sei !

Fiquei com vontade de a voltar a ver: com um outro público a aplaudir!

Bem, vou dormir que, amanhã temos "Macaco" !!! (rsrsr)

quinta-feira, agosto 02, 2007

Decididamente!


Ya!, decididamente este meu cantinho desde que começou o Verão -- virou uma festa!
Hoje começou o Festival do Sudoeste e posso dizer que começa da melhor forma -- digo eu!, pois Mayra Andrade e os Manu Chao bem que são do meu agrado! Ah, mas temos também os Ojos de Brujo -- seria a noite ideal para mim mas...infelizmente não poderei lá estar.

Bem, mas isto é se falarmos só na quinta-feira...pois na noite de sexta, hummm...acho que daria show a ver os Buraka Som Sistema!!!! Não brinquem comigo -- já passei o meio século mas "curto" os Buraka, amigos!
Ora bem, já agora vou até ao fim: sábado não deixaria nunca de ver o Sérgio Godinho, apesar de não ter perdido até hoje nenhum espectáculo dele aqui p'los Allgarves! (rsrsrs...isto é p'lo All....rsrsr)
Na mesma noite teremos Sam The Kid. Atenção que, só estou falando dos que fazem o meu género musical -- entendido? -- mas há mais, claro.

Domingo actua um grupo que já vi aqui p'los meus arrabaldes e, só vos digo: não percam os Babylon Circus -- são um espectáculo a não perder!

Bem, quanto ao resto, vocês bem conhecem, tal como eu e normalmente gosto de me referir aos menos conhecidos ou até menos "amados" mas, que hei-de fazer se são do meu agrado? Não faltará quem fale dos "bem-amados" -- haja pois, quem fale como eu, dos "mal-amados"...

A quem pode: TENHAM UM BOM FESTIVAL!

quarta-feira, julho 25, 2007

Lila Downs



Lila Downs actuou ontem à noite em Quarteira -- na Praça do Mar.
Fui direitinha, à hora prevista. Deparei-me com o palco voltado em sentido contrário ao habitual e -- surpresa!, estava vedado o acesso: era pago! Pago e bem pago!
Uma cerca de canas -- super-resistentes! -- interditavam a passagem. Bem, dirão: normal, dado o "calibre" da cantora. Ok, ninguém diz o contrário mas, nada foi anúnciado e, já vi no mesmo espaço, cantores do mesmo "calibre" sem ter pago nada. Como exemplo cito: Rui Veloso, nem preciso dizer mais e só vos digo, teve sempre a Praça cheia e ao rúbro!
Acontece que, ainda por cima, o preço pareceu-me demasiado -- 20 € por pessoa numa família como a minha -- 6 adultos -- nos tempos que correm, seria impensável!
Resumindo: acabou pelo espaço interior estar às moscas e, a "fiesta" ter-se feito do lado de fora -- quer através das canas, quer através das varandas dos prédios circundantes. Aí sim, a Fiesta foi "aquela coisa especial" como só o povo sabe fazer -- quando gosta!
Lila Downs estava encantadora mas, não tanto como aqui...mas para quem só espreitou através das canas, como eu: não tenho direito a reclamar....se bem que houvessem quem o tivesse feito...(rsrsrs)
A registar o episódio: um casal de idosos que fez um buraco enorne nas canas -- qual janela em propriedade clandestia -- reclamou no fim os 20 € que não pagou! Isto há gente para tudo e, fui eu que "levei" com eles pelas costas, impossibilitando-me de ouvir em condições a Lila.

Concluindo, pergunto: não teria sido melhor, a Câmara Municipal de Loulé ter feito um abatimento nos "bilhetinhos" e o espaço ter ficado replecto ao invés dos 3 gatos pingados que estiveram do lado de dentro da vedação que...se calhar, nem deu para pagar a tal "janela" que o casal abriu na vedação de canas...?! E depois, quem sabe, quantos casais como aquele, abriram "janelinhas" igualmente clandestinas....?!

Pensem bem, nem sempre o que parece é: está mais que provado!

A Fiesta, essa, foi feita do lado de fora: o povo sabe do que gosta -- não tem é "cacau" para comprar o "Chocolate con Chile" da Lila Downs....eu não tenho!

P.S.: A Lila é linda, canta bem e...recomenda-se! É preciso é: cacau

quarta-feira, julho 18, 2007

Novamente o Pedro!




Apesar de gostar imenso de música, este blog não é temático -- pode parecê-lo neste momento mas, não é!
Talvez porque de há uns tempos para cá, me tenha dedicado mais aos assuntos da alma num outro blog -- à laia de expreiência. Depois, a época é propícia a eventos musicais e, sempre que ouço algo de que gosto: venho a correr ao "meu" espaço, partilhar a experiência!
Estava eu já decidida em virar o tema...quando ontem, fazendo um zaping televisivo -- não há quem aguente a Tv -- vi o Pedro Barroso!

O actor Ruy de Carvalho fez 60 anos de carreira artística e um dos presentes foi precisamente Pedro Barroso que, presenteou o actor com a "Menina dos Olhos d'Água" -- uma das minha preferidas!

Já há uns tempos -- aqui na Janela Aberta -- trouxe à memória esta mesma canção, este mesmo artista, tão do meu agrado. Pela sua postura, pela sua maravilhosa voz, por tudo o que tem representado para mim ao longo destes anos todos, em que nos tem presenteado com autênticas jóias poéticas!

Não consigo entender a agressão diária de que somos alvo ao abrirmos a TV, quando temos artistas de excepcional categoria como o Pedro Barroso! (?)

Haja quem explique, porque, sinceramente: não entendo!

Valha-nos então -- pelo que deu para conferir -- os aniversáios de alguém que como eu, ama e se comove com a voz e a poesia deste Grande Artista que é PEDRO BARROSO!


" Menina dos olhos d'água, em teu peito sinto o Tejo..."

....Sinto o mundo inteiro no teu colo...."

quinta-feira, julho 05, 2007

Eu Gosto É do Verão...


"Eu gosto é do Verão".....por alguma razão este tema deu mote à canção: é que no Verão isto por cá, movimenta-se um bocado mais.

Agora vem aí o tão afamado Festival Internacional de Jazz de Loulé.

Desde que estou cá pelo Sul, nunca faltei a nenhum. Posso dizer-vos -- já com o cartaz em mãos -- que iremos ter como cabeça de cartaz: PAT METHENY & BRAD MEHLDAU.

Actuarão no dia 30 do corrente mês, aqui mesmo ao fim da rua -- para mim, claro!


Dia 30 no Monumento Duarte Pacheco -- Parque Municipal de Loulé.


quarta-feira, julho 04, 2007

Acabou em bom!




Pois é, tudo que é bom acaba depressa.
E eu, acabei por não vos relatar -- como pretendia -- diáriamente, o que se ia passando no Festival, mas, vinha de lá tão tarde e, como não estou de férias...entendem, não é verdade?!

No entando, venho fazer o rescaldo de todas as noites que por lá andei, que -- foram todas!

Tal como já deu para ver, aqui pela bloguesfera, há quem partilhe da mesma opinião que eu: os Tinariwen e os Bajofondo Tango Club foram os melhores em palco!
Quem viu os primeiros em outras localidades, poude comprovar que no MED de Loulé superaram as espectativas.
Quanto aos Bajofondo, foi também uma surpresa pois, eles têm um projecto que -- segundo o meu parecer -- discográficamente fica aquém do apresentado em palco. Ainda bem que assim é pois, tivemos no mesmo espaço outros que, decepcionaram -- e volto a focar: opinião própria -- como os Taraf de Haidouks.

Outra surpresa, que inicialmente desconhecia que estaria presente foi OliveTree -- estes de Portugal. Um trio que mistura os sons do "ancião" didgeridoo com ritmos contemporâneos tecno.
O Castelo esteve à "cunha" -- como se costuma dizer -- e o pessoal não queria arredar pé -- tiveram de voltar ao palco várias vezes. Eu...estive lá: saltando! É um ritmo muito contagiante, podem crer.

Ah, estava a ser mazinha, deixando para trás -- Vinicio Capossela! Este homem é um louco em palco! Mesmo quem não sabia o nome, só se ouvia p'los cantos: " o Italiano é muit'a bom!!!" -- E é mesmo, muit'a bom!

No entanto, festa que é festa, termina sempre em grande e, sem dúvida a festa encerrou em Grande com os BAJOFONDO!

quinta-feira, junho 28, 2007

Pronta...!

Pronta já para a segunda noite: sim, pronta! É que a noite começa com o 1º espectáculo às 19h30. Se pensarem bem, fazer o jantarinho e preparar -- damos por nós e: 'tá na hora!
Está a acontecer uma coisa interessante -- nada que não suspeitasse -- há mais grupos que não estavam no programa.
Ontem acabei por não vos falar na turca Aynur. Estava sem tempo mas, pensava fazê-lo depois, quando regressasse do espectáculo. No entanto, tenho a dizer que, não me surpreendeu por aí além...muito paradito para o meu gosto, neste género de Festivais. Depois, estava tudo sentadinho -- a coisa também não puxava p'rá dança...daí o meu desencantamento. Passemos então ao programa de hoje que, já andei a ouvir novamente os clips para escolher os palcos a frequentar sem me dispersar e perder algo de mais apelativo à dança. Sim que eu, meus amigos, sou muito dada a ritmos dançáveis e, nestes espectáculos de rua é o que se pretende!
Tenho a confessar que, apesar desta basófia toda...se não estiver devidamente acompanhada e a luz não estiver propícia -- à média-luz...hummm, a idade já me condiciona e, tenho de mostrar bom senso limitando-me -- com grande esforço, acreditem! -- a abanar o corpinho ligeiramente...
Ora bem, mas hoje chega a minha filha caçula que me acompanha sempre nestas coisas e aí, esperando que a luz ajude...rsrsrs, estou pronta para balançar bem ao som do Sergent Garcia!!!!!
Mas temos também o grupo espanhol Estambul, Natacha Atlas do Egipto -- anunciada no cartaz, inicialmente.

A fechar a noite e lá pela 1h00 da matina vem a festa com DJ Shantel-- alemanha -- que como poderão ver (clicando no nome) é festa na certa até às tantas!

Bem, e lá vou eu tratar de me aprontar...até amanhã!

quarta-feira, junho 27, 2007

Primeiro dia...

Ora cá estamos no dia do Festival MED!

Sou uma previligiada pois, vivo mesmo em frente ao espaço onde o festival se realiza. Posso dizer que já ouço daqui a Sara Tavares ensaiando. Vai ser uma noite em cheio pois para além das cabeças de Cartaz -- estarão a funcionar vários palcos -- teremos no palco da Igreja Matriz (mesmo em frente à minha casa) o Quarteto de Cordas INTERMEZZO. Música de câmara -- dois violinos, viola de arco e violoncelo.

No Palco da Bica -- JAZZ TA PARTA -- Banda de Jazz: flauta, saxofone, baixo, piano e outros elementos.

Palco do Castelo -- IN CANTO -- Luisa Amaro -- a primeira mulher a gravar em guitarra portuguesa. Vai estar em palco com Tiago Pereira, um estudioso em percussão oriental, Gonçalo Lopes, clarinetista com um vasto reportório em música oriental também.
É assim criado um espectáculo onde a sonoridade portuguesa se funde com a oriental. É acima de tudo um espectáculo diferente, onde tem lugar a música e a dança num ambiente de sedução perfeito.
Já esteve também a ensaiar e, só posso dizer que -- irá encantar a todos, certamente!

sexta-feira, junho 22, 2007

Palma the Man!


Já devem ter ouvido falar do novo trabalho do Jorge Palma -- Voo Nocturno.
É o seu 11º disco de inéditos, traz-nos os seus tempos do Metro de Paris e, diz ser um voo de longo curso.
Estará disponível a 2 de Julho.
Pelo visto, Palma tem tido "estrada para andar" e...continuar! Mais um trabalho, agora com a participação de outros músicos.

"Encosta-te a mim" -- uma canção de amor -- faz parte de um single de apresentação . O teledisco é da autoria de Luis Leitão, onde participam: Mafalda Veiga, Helena Coelho, João Gil, Tim, Margarida Pinto Correia, David Fonseca, Camané, Ana Galvão, Lia Gama, Rui Reininho e muitos mais ...

Que chegue rápido, o dia 2 de Julho.



sábado, junho 16, 2007

Estrella Morente


Depois de recebermos Diego El Cigala no CCB, temos novamente no mesmo espaço:

Estrella Morente Carbonell, nascida em Granada em 1981 -- actuará dia 30 de Junho, pelas 21 horas, no palco do Centro Cultural de Belém, em Lisboa.
Tomei conhecimento desta linda voz, através do filme VOLVER, onde Pedro Almodovar trata um tema bem actual -- como tão somente ele sabe fazer.

"Filha do maestro Enrique Morente, da bailarina Aurora Carbonell e neta do Guitarrista de Flamenco “Montoyita”, Estrella cresceu e amadureceu como artista num ambiente de Flamenco.
Estrella Morente tornou-se a nova “musa” de Pedro Almodovar ao dar voz a "Volver" tema-título do mais recente filme do realizador espanhol.
Estrella vai apresentar o espectáculo “Mujeres” baseado no seu mais recente disco, editado em Portugal no dia 14 de Maio pela editora discográfica Emi. " --

Gostaria muito de estar presente como também desejaria ter estado no espactáculo do Cigala mas...ficará para uma próxima oportunidade! No entanto, a todos que o possam fazer e que gostem do estilo musical -- não percam!

domingo, junho 10, 2007

Oopssss.....



Oops........faltou mostrar isto:

As Tamanquinhas autografadas!


Obrigadaaaaaaa Couple Coffee!



* E ao Fernando também que, foi até lá e, fez tudo aquilo que relatei acabando no autógrafo...

sábado, junho 09, 2007

Já foi!


Quando não nos podemos deslocar, devido à distância: nada como ter amigos que nos façam chegar o som de alguém que gostaríamos de ouvir e ver...
Foi o caso da passada noite: actuaram no Onda Jazz -- Lisboa -- os Couple Coffee!
Devido à distância, foi-me impossível estar no concerto. Acontece que, falando com um amigo, disse: " Não vais ver os Couple Coffee? Se eu estivesse em Lisboa, como tu: não falhava!"
Alarguei a informação, passei a dar o horário do concerto, o local e, em caso de ser necessário -- até dei nº de telefone!!!!!!

E não é que...o meu amigo foi mesmo?!!!!
Tive direito a ouvir algumas das músicas, através do telemóvel, e tudo!
A sala estava cheia -- soube depois. Artistas presentes ao espectáculo também foram vários, como é de se esperar neste género de concertos.
Entre eles estava Júlio Pereira -- "rapaz" que não vejo há muito, mas que bons espectáculos me proporcionou, no tempo em que com ele tocavam outros nomes bem famosos como: Carlos Zíngaro e Amélia Muge! .

Foi pena não puder estar presente mas, tal como disse à Luanda -- por mail -- não faltará oportunidade!
Mas valeu, pela noite agradável que alguém teve, na companhia maravilhosa dos Couple e, ter tido também eu, a possibilidade de uma noite diferente -- ainda que à distância!

As "tamanquinhas" chegam a todos os cantinhos e, pelo que acabam de ver...nem a distância é problema!

domingo, junho 03, 2007

Sara Tavares...'nha cretcheu!


Pois é, devem de estar a pensar que me esqueci...mas não!, deixei propositadamente para o fim, visto que -- pelo menos que eu saiba -- é a única presença portuguesa: Sara Tavares!

Logo no primeiro dia, a abrir o festival, temos a nossa menina que, nos deu coisas muito bonitas nos últimos tempos, como por exemplo: A Nova Feira da Ladra e Balacê.

Para além de todos os artistas, não faltará a gastronomia de muitos destes povos que, neste Festival montam as suas barraquinhas onde nos dão a conhecer os seus petiscos. Há também bancadas com artesanato e toda uma envolvência festiva que anima as ruas circundantes ao castelo.

Assim fosse todo o ano ou...pelo menos, durante o Verão!

Chambao

( Clica en la foto e...en Chambao: va!)

Chambao -- inicialmente um trio -- de origem Malaguenha, cujo trabalho rápidamente veio a ser reconhecido, é uma mistura de flamenco e electrónica. Quase do nada, Chambao criou um novo estilo musical muito próprio -- o flamenco-chill.


Chambao é uma das poucas bandas que tem vencido, com a fusão armónica criada pelo grupo.
Segundo os próprios afirmam:


"No es flamenco puro, es puro Chambao. [...] es una visión, una evolución y una forma de acercar el flamenco a más gente". Chambao


A ver vamos -- 1 de julho -- lá estarei!

BajoFondo Tango Club



Passemos então ao último dia -- 1 de Julho -- onde actuará o grupo Argentino Bajofondo Tango Club.


" O grupo, que inclui o produtor e compositor argentino Gustavo Santaolalla, conhecido sobretudo pela composição de bandas sonoras para cinema, entre as quais dos filmes "Babel" e "O segrego de Brokeback Mountain", com as quais venceu dois Óscares.
"Os diários de Che Guevara", "21 Gramas", "Amor Cão" e "O informador" são outros filmes cuja música foi criada por Santaolalla.
Além do produtor, guitarrista e compositor argentino, o Bajofondo Tango Club integra Luciano Supervielle (piano), Juan Campodonico (DJ), Martin Ferres (bandonéon), Veronica Loza (VJ), Javier Casalla (violino), Gabriel Casacuberta (contrabaixo) e Adrian Sosa (bateria).



O Bajofondo Tango Club foi fundado no início da década por um grupo de músicos e artistas que pegaram nas raízes do tango argentino, nas milongas e na música uruguaia e adicionaram-lhe os mais variados condimentos da música electrónica, do trance ao dub."


-- 2007 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.200 --

L'ham De Foc

(Sigan lo mismo...a clicar, a clicar!!!!!)

Os L'ham De Foc são um grupo que nasce em Espanha em 1998 comprometidos com os sons da europa medieval, do mediterrâneo oriental e do médio oriente.


Executam com mestria uma grande variedade de instrumentos. Os arranjos musicais são de uma beleza tal que, conferem magia especial às composições já por si extraordinárias. A voz de Mara Aranda enleia-se nas harmonias dos alaúdes, sanfonas, flautas, ritmadas por tombaks, pandeiretas ou ainda pelo enfático adufe.



Os exectutantes são Efrén López, Diego López, Eduard Navarro, Constantino López, Hristos Barbas, Juan Manuel Rubio e Osvaldo Jorge.



E assim, fica concluída, esta noite de 31 de Junho!



Penso que me deitarei tarde e a más-horas mas...regalada!

YerbaBuena

(...A clicar, a clicar cariño!)



YERBABUENA -- grupo Norte Americano, composto de indivíduos vindos de vários grupos musicais para tocar em conjunto, geridos pela mão do músico-compositor e cantor Tato Torres.


Filho de Porto Riquenhos -- a sua paixão musical centra-se em ritmos de Puerto Rico e Caribeños, de raís tradicional. Daí que, juntando cantores e dançarinos com os mesmos gostos musicais...nos dêem este som tão especial.





* Já agora, só como curiosidade -- YerbaBuena -- assim chamado devido a uma lenda muito antiga que diz, que uma curandeira, reuniu todas as plantas da terra -- as que tinham propriedades curativas mais poderosas -- e com a sua magia, converteu-as em uma hierba buena que ela depois plantou para que crescesse de forma silvestre.


sábado, junho 02, 2007

Venicio Capossela

( Ora vamos lá ouvir AQUI -- na foto -- o que ele nos diz...)




Passemos para a noite seguinte e, aí teremos Venicio Capossela!



Vinicio Capossela é o cantor mais interessante saído de Itália nos últimos 20 anos, apesar de ter nascido na Alemanha. Músico nada singelo, acrescenta muitas tradiçoes exóticas em cada disco podemos encontrar sons de mornas de Cabo Verde, tango, bossa nova , cubana, balcãs, etc.
Pelo que tenho escutado deste senhor, acho que iremos disfrutar de uma noite mais...intimista.

O espaço em questão -- Festival MED/Loulé -- por si só, permite que assim seja.

quinta-feira, maio 31, 2007

AKLI D

(Ora bem...é só clicar para ouvir!)



Música do Mundo -- sempre existiu e é genuína!

Akli D. (Akli Dehlis) nasceu na Argélia . Escutou os grandes da canção kabyle como Idir, Cheikh El Hasnaoui e Slimane Azem. No entanto, estava atento também à música de Bob Dylan e Neil Young, ao movimento rasta, aos blues do Mississipi.

Chegou a Paris na década de 80. Fugindo de uma Argélia marcada pela repressão armada, a Primavera Berbere, segue o caminho de muitos músicos em Paris -- o metro.

As suas letras falam de racismo, de xenofobia mas também de esperança. Recentemente trabalhou com Manu Chau.


Akli D - 'C.Facile' .........Pelo que ouço aqui: sei que vou "curtir bué"!



Taraf de Haidouks

( Façam o mesmo: divirtam-se clicando por aqui!)

Na mesma noite, da Roménia, teremos os Taraf de Haidouks (Taraful Haiducilor) -- que espalharam pelo mundo a arte da música cigana e editaram vários álbuns fundamentais como:

Musiques de Tsiganes de Roumanie / Honourable Brigands / Magic Horses And Evil Eye/ Dumbala Dumba/ Band of Gypsies... entre outros!


Foram uns dos protagonistas do filme "Latcho Drom" e adquiriram fãs inesperados -- desde o actor Johnny Depp aos Kronos Quartet.


Quem como eu, viu Lakatos e o seu violino cigano -- apesar de nada ter a ver com o grupo em questão -- pode antever uma noite gipsy com muito estrilho!

Directamente do Mali: Tinariwen

-- Vão clicando em tudo que vos parecer suspeito...inclusivé a capa do CD! --


Directamente do Mali -- os Tinariwen.



São tuaregues do sul do Sahara, mais precisamente do Mali, a banda formou-se nos campos rebeldes de Coronel Ghadaffi nos anos 2000.

Os Tinariwen criaram um estilo próprio misturando às músicas da sua origem tradicional com baterias e guitarras do rock.

A sua música fala basicamente de questões políticas de repressão, problemas sociais e do exílio.

Vamos poder vê-los na noite de 29. Lá estarei!

terça-feira, maio 29, 2007

Sergent Garcia

De França vem Sergent Garcia e o seu ritmo urbano numa mistura de reggae, salsa, cha cha, ska, rumba...veremos como será este senhor ao vivo e a cores!

segunda-feira, maio 28, 2007

Natacha Atlas

Do Egipto para actuar na segunda noite vem: Natacha Atlas.
Uma cantora cujo estilo musical mistura sonoridades do Médio Oriente e Norte de África.
Deixo também aqui um vislumbre da sua bonita voz, para termos noção em como este Festival promete!